Gato

Saúde dos gatos – Como evitar bolas de pelo

Saiba como surgem as bolas de pelos, quais são os sintomas e formas de prevenção.

Tem gente que duvida, mas os gatos têm uma higiene caprichada. Mesmo que não possam abrir mão de um verdadeiro banho, eles adoram lamber o próprio corpo para se cuidar, porque a língua áspera faz com que boa parte da sujeira vá embora.

Isso mantém a pelagem fresca, além de estimular glândulas do couro cabeludo liberando substâncias gordurosas benéficas à proteção da pele contra microrganismos. O problema é quando o gato está na fase de muda ou sofre de queda de pelos, pois a mesma aspereza da língua que ajuda na higiene acaba arrancando os fios.

A consequência é o acúmulo de pelos no estômago e no restante do trato gastrointestinal, já que os pelos não são digeríveis. Com isso, formam-se as chamadas bolas de pelos, que dificultam o metabolismo normal e podem causar complicações mais sérias como constipação e infecções.

Quando acontece a muda de pelos?
Em geral a mudança de pelos dos gatos é mais sentida em lugares onde as estações do ano são bem definidas. Como dias muito frios onde a pelagem fica mais densa, ou menos densa para dias de calor. Em países de clima tropical, como o Brasil, essa muda pode ser constante – o que exige cuidados permanentes.

Quando a bola de pelo vira um problema sério? Existe algum sintoma?
Se o gato não consegue eliminar os pelos através de vômito ou fezes, a bola fica presa no intestino, provocando sintomas como anorexia, emagrecimento, dor abdominal e dificuldade para defecar.

Quais são as formas de prevenção?
A principal estratégia para evitar o problema da bola de pelos é remover pelos mortos. Com isso, o hábito instintivo da lambida tende a levar menos fios até a boca. Outras maneiras de prevenir são a escovação semanal e os banhos mensais. Estimular seu gatinho a brincar vai colocar o tédio para correr – e ele terá menos vontade de ficar se lambendo.

Para ficar ainda melhor, uma dieta com maior quantidade de fibras ajuda na eliminação dos pelos engolidos. Nesse caso, vale a pena investir em uma nutrição especial para gatos de pelos longos, que está em várias opções de ração no mercado.

Equipe Spectrum Brands
Fonte: Thiago H. Soares CRMV- PE3169  – Veterinário da Spectrum Brands Brasil.


20 de fevereiro de 2017

Últimos artigos